.

 

É com muita alegria e satisfação que lançamos a Plataforma Virtual de Ensino do Círculo Aletheia, um lugar onde apresentamos pensamentos instigantes sobre a estrutura da psique humana e proposições de práticas para serem aplicadas no cotidiano. Neste ambiente você vai encontrar todos os cursos online realizados nos dois últimos anos – cursos gratuitos e pagos – com vídeos, materiais didáticos utilizados nos nossos cursos de formação, guias de prática e, também, o recém-lançado e-book “Aletheia: despertando a inteligência sensível que existe no corpo”, que está disponível gratuitamente para download nesta mesma plataforma.

💫Assine agora mesmo o pacote de assinatura na plataforma online e tenha acesso a todos os nossos cursos virtuais – gravados e ao vivo!💫

Para aqueles que optarem pela assinatura “Cura e Criação” já estarão inclusos todos os cursos realizados e os encontros semanais ao vivo que acontecerão às quintas-feiras, às 20h, como parte da programação da nossa Escola – palestras, diálogo com o alunos, cursos temáticos, etc.

O que a assinatura disponibiliza:🤗

▶️ E-Book “Aletheia: despertando a inteligência sensível que existe no corpo”.
▶️ Aulas ao vivo em datas agendadas, semanalmente às quintas-feiras | 20h, podendo interagir com o professor. E mesmo que não consiga assistir a aula no dia, ela ficará gravada e disponibilizada aqui na sua assinatura.
▶️ Acesso a 11 cursos, com mais de 60 horas de conteúdos exclusivos.
▶️ 14 apostilas com temas de formação de consciência
▶️ 12 guias de práticas
▶️ 14 aulas da proposta de base do curso Cura e Criação.
▶️ Certificado de conclusão gerado na própria plataforma.

▪️ Valor mensal: 80 reais
▪️ Você também poderá adquirir os cursos avulsos se preferir

▪️ Acesse aqui e conheça nossa nova plataforma!

 

.

Este e-book reúne um conjunto de estudos, reflexões e pensamentos de Mauro Bühler, criador do Método Aletheia.

O Aletheia é um campo ampliado de relação e experimentação da sensibilidade, um exercício de entrega aos fluxos de vitalidade que constituem o corpo e se espacializam em movimentos intuitivos e espontâneos, dimensionando vínculos. O processo propicia o encontro de relações que têm como foco convocar a potência ao trabalho de geração de consciência dentro de uma perspectiva de integração psíquica e, também, ao desafio de se disponibilizar afetivamente ao desconhecido.

▪️ Acesse aqui e baixe seu e-book!

.

Aula 1: EXERCÍCIO HUMANO DE DIFERENCIAÇÃO – A RODA DE CURA E O SENTIDO DA CONSCIÊNCIA CRIADORA
Os sujeitos de organização psíquica, a necessidade de significados curativos e as questões em torno dos sentidos criativos.

Aula 2: O PROCESSO DE DESPERTAR ALETHEIA NO CORPO
A importância do instinto para a dimensão afetiva de uma consciência sustentável. Exercícios e posturas éticas que geram circulação psíquica.

Aula 3: O CORPO SENSÍVEL E AS IMPLICAÇÕES DA PERDA DO CONTATO
A perda de contato com o corpo e suas consequências na contemporaneidade. Os refúgios subjetivos e narcísicos que encantam e alienam o indivíduo.

Aula 4: CORPO RELACIONAL – O DIÁLOGO COM A DIFERENÇA
A geração de consciência por meio da animação de estruturas afetivas e do diálogo com a diferença. O desenvolvimento da capacidade de convocar vitalidade e transportá-la para as relações.

Aula 5: O CORPO COMO AGENTE DO ESPÍRITO E DE CONCILIAÇÃO COM A NATUREZA
O processo de diferenciação como proposição original da natureza. A necessária conciliação do indivíduo com a condição humana. O processo de finitude como um exercício íntimo e diário de integração psíquica.

▪️ Acesse aqui e assista as aulas!

.

Amplo conjunto de materiais didáticos que são utilizados nos cursos de formação de consciência – Método Aletheia: apostilas, guias de práticas e manuais.

Esta Formação capacita o aluno nos procedimentos curativos e de desenvolvimento do método, familiarizando-o com o conteúdo teórico-metodológico relacionado com a estruturação da psique e possibilitando o caminho de se tornar um curador, desenvolvendo nele a capacidade de relacionar os conhecimentos aprendidos no curso com aspectos da sua própria história e natureza humana.

Materais disponíveis:

1_O Método Aletheia
2_Os Benefícios da prática do método
3_Espiritualidade, Cura e Pertencimento ao Mundo
4_A consciência do cuidado e a não exclusão
5_Saúde e bem estar através da relação harmônica
6_Introducao aos campos de consciência
7_Os fluxos naturais de energia
8_Aspectos da Relação Ego – Self
9_Introdução à relação interna de Masculino e Feminino
10_O trabalho de responsabilidade da sombra
11_A postura terapêutica no Método Aletheia
12_O eu aberto
13_O mundo instintivo
14_A relação entre o medo e o amor
15_Fique atento ao corpo
16_Convide suas emoções a participarem do processo
17_Comprometa-se com a prática e com o grupo
18_Não confunda consciência com conhecimento
19_Não alimente oposições
20_Acolha a angústia
21_Não se conclua, torne se
22_Pratique o olhar carinhoso
23_Encontre um relaxamento em tudo o que fizer
24_Reverencie Pai e mãe
25_Valorize um senso de participação
26_Amadureça a sua relação com o medo

 

▪️ Acesse aqui e conheçao curso!

.

Rodas de Aletheia

O fundamento de nossa inteligência e fonte de nossa vitalidade é a natureza instintiva, que pulsa no centro sexual, animando nossos movimentos. Através desta prática, desenvolvemos a capacidade de nos alimentarmos de nós mesmos e partilhar este alimento afetivo com o entorno, preenchendo o espaço de beleza.

Neste processo ritmado, Mauro desenvolve no praticante uma inteligência sensível através de movimentos do corpo que integram conteúdos psíquicos. Toda pessoa que pratica estabelece uma profunda relativização de sua identidade, da forma como se relaciona consigo mesma, com a sua própria história e com o mundo. Essa relativização é uma grande porta de transformação.


  • Datas: quinzenalmente, em datas agendadas.
  • Local: Botafogo – RJ.
  • Receba informações completas em: (21) 99803-9696 (Whatsapp) ou CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco!

Acompanhe nossas redes sociais:

     

.

Atendimento Aletheia Individual com Mauro Bühler

Mauro Bühler, criador do Método Aletheia, abre sua agenda para receber novos praticantes. Este atendimento propõe uma profunda relativização do indivíduo dos estados defensivos fundamentados no medo, através de um ato de relaxamento na própria energia. O processo compromete a pessoa com a realização da própria alma, mantendo constante o esforço de transformar a dificuldade em desafio consciente.


  • Datas: somente com agendamentos.
  • Local: Botafogo – RJ.
  • Receba informações completas em: (21) 99803-9696 (Whatsapp) ou CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco!

Acompanhe nossas redes sociais:

     

.

.

Formação de Terapeutas

Na Formação de Terapeutas, o aluno é capacitado a realizar um amplo conjunto de técnicas e procedimentos individuais e em grupo de proposições de cura, recebendo o direito de exercer o Método Aletheia profissionalmente.

Aletheia é um processo terapêutico que tem como base a prática espiritual no aprofundamento da relação com a natureza humana. Desenvolvemos a consciência num mergulho nas nossas qualidades, conhecendo as próprias necessidades individuais que precisam ser alimentadas e desenvolvendo as capacidades no engajamento honesto e responsável com as relações.

Através do compromisso com o nosso corpo, nossa sensibilidade, nossas relações e o tempo atual, fortalecemos nossa presença e pertencimento ao mundo. Acordamos a nossa alma! Muitas vezes entorpecida por nossa relação violenta com a intimidade e esquecida em nossa constante ocupação com a mente e no autoenvolvimento da identidade.

A integração de nossos conteúdos internos nos leva ao crescimento e ao conhecimento de nossa própria natureza em sua expressão íntima e também coletiva. Trabalhamos no desenvolvimento de uma ética de reciprocidade que respeita a individualidade, fortalecendo nosso poder de escolha e integrando a nossa própria história, pois este caminho que a vida fez até este momento é muito importante no sentido de dar peso à nossa presença. Todos nós temos o desafio de reconhecer o sagrado na beleza de como nos disponibilizamos.

Desenvolvemos uma inteligência sensível através de movimentos do corpo que integram os conteúdos psíquicos. O método tem seu fundamento na Fenomenologia. São processos de campo que criam encontros curativos. Toda pessoa que pratica estabelece uma profunda relativização de sua identidade, da forma como se relaciona consigo mesma, com a sua própria história e com o mundo. Essa relativização é uma grande porta de transformação. O Método Aletheia não trabalha na exacerbação do controle, mas sim no desenvolvimento da entrega à própria sensibilidade.

Nosso compromisso é a cura e o desenvolvimento através do aprimoramento do cuidado. O cuidado é uma capacidade central da condição humana. Cuidado de um consigo mesmo e de um com o outro. Temos dentro de nós a sabedoria capaz de diariamente nos organizar de forma equilibrada. Nossa prática desperta a alma que, através da sensibilidade, dá indícios palpáveis de sua presença e qualidade em nós. Todas as nossas emoções são bem-vindas quando as assumimos enquanto faces de nossa própria alma no compromisso do cuidado.

O Método Aletheia desenvolve curadores, acorda essa capacidade de todo ser humano. Ser curador significa estar engajado e comprometido na expressão honesta de si e responsável frente à vida.

Aletheia é um caminho de integração, uma prática espiritual, uma forma de viver conciliada com a natureza.

Esta Formação capacita o aluno nos procedimentos curativos e de desenvolvimento do método, familiarizando-o com o conteúdo teórico-metodológico relacionado com a estruturação da psique e possibilitando o caminho de se tornar um curador, desenvolvendo nele a capacidade de relacionar os conhecimentos aprendidos no curso com aspectos da sua própria história e natureza humana.

Público Alvo: terapeutas, psicólogos, estudiosos da psique e professores.

Duração da Formação: aproximadamente 2 anos.

Locais: Botafogo e Araras/Petrópolis-RJ.

Saiba mais sobre a Estrutura da Formação.

 


Datas: entre em contato conosco e receba o cronograma completo das atividades.

Inscrições e informações: (21) 99803-9696 /  contato@circuloaletheia.com

Acompanhe nossas redes sociais:

     

.

Jornada de Meditações e Estudos em Assisi – Itália

Nesta jornada nos aprofundamos nas propostas deixadas por São Francisco, visitando os lugares onde ele viveu e desenvolveu seus ensinamentos, estabelecendo um diálogo com as propostas mais essenciais do Xamanismo.

O estudo de Francisco é atual e necessário, o olhar de reverência e participação na natureza nasceu em seus ensinamentos e vida. Suas propostas permanecem como uma luz em nosso caminho de cura e integração.

Toda a viagem é conduzida como um retiro, com propostas de meditações e aulas. Valorizamos a introspecção, o silêncio e a prática inclusiva de um olhar carinhoso para com o próximo.

Iniciamos nossa jornada em Assisi, onde Francisco nasceu e passou a maior parte de sua vida dedicado ao reconhecimento da beleza e sacralidade de toda vida. Visitamos as igrejas, caminhamos pelas vias e meditamos nos bosques. Subimos o Monte Subasio e, em seguida, seguimos a La Verna, local onde Francisco fazia seus retiros em cavernas e recebeu as chagas – lá se estabeleceu um monastério, local de peregrinação e prática de uma bela procissão ritualística dos monges.

Este retiro é aberto a pessoas de todas as idades e crenças que se interessam pelo estudo da alma humana e se empenham em desenvolver a própria consciência através de um caminho de paz.

Sejam bem-vindos a esta jornada!


  • Local: Assisi – Itália.
  • Receba informações completas em: (21) 99803-9696 (Whatsapp) ou CLIQUE AQUI e fale diretamente conosco!


Estar nas cercanias do lugar mais sagrado, como é possível?

Estar nas cercanias do lugar mais sagrado, como é possível? Na tolice da invenção do não que possibilitou a criação de todas as coisas, em sua generosidade capaz de fazer brotar o desejo pelo outro.
Na natureza é tão simples.
Você que foi me convida a ser,
você que é me convida a ser,
você que será me convida a ser, 
ser o quê? Aí novamente a tolice na pergunta que parece certa, pois não tolera a falta imposta pelo não, sua espera.
Se a pergunta for o presentear da própria resposta, este o quê que virá pode ser o não que presentifica todas as coisas que não bastam em si mesmas.

O que cresce em liberdade caminha ao lado.

Aquele que se encontra ao lado partilha de nosso destino sem ser seu intermediário.
Participa, muitas vezes, de nossa história sem ocupá-la.
Ao nosso lado convidamos a viver aqueles que reconhecemos, respeitamos e amamos em liberdade.
O amor que liberta reconhece que estamos todos sujeitos às mesmas condições essenciais da vida, e que cada um, à sua maneira, vive o melhor que pode. O que cresce em liberdade caminha ao lado.

A transcendência real é em direção a terra

A transcendência real é em direção a terra. É um mergulho na vida. A abertura do coração acontece quando a gente assume o compromisso de se encontrar neste lugar e cultivar nossas relações. As relações se aprofundam aqui, as emoções ganham vida, tanto a sua tristeza quanto a sua alegria te guiam à profundidade. A alma é como um jardim ou pomar, composto por histórias, sonhos e emoções que convidam e alimentam as nossas relações.

O caos é repleto de pequenos pedacinhos

O caos é repleto de pequenos pedacinhos. Todos sabem e declaram que são parte de algo grandioso. Todos nos seduzem com uma determinada promessa de grandeza, uma forma de organização em algum nível de reconhecimento individual, e, por consequência, de tudo no mundo. Aquele da pequena parte que supõe que tudo deve seguir e se submeter à sua própria determinação.

Na verdade, se trata de uma forma velada de ameaça. Somos reféns da própria fonte da vitalidade. Sua falta será um inegável buraco neste intrincado jogo de poder.

“Me encaixe ou sinta a minha ausência”.

É! A ausência pode ser tão sentida quanto a presença.

Será o vazio a pura potência em desobediência ou a desobediência à potência?

A angústia é também aquilo que sentimos quando estamos encaixando as pequenas partes de um quebra-cabeça com a imagem de nosso próprio rosto, porém implicado por toda pessoa que encontramos.

Quando nos doamos inteiramente ao momento, presenciamos o espírito.

Quando nos doamos inteiramente ao momento, presenciamos o espírito. Ele se encontra aqui e agora! No peso de nossa presença podemos senti-lo e tocá-lo.

O medo nos distancia do inevitável acontecimento da realização consciente de que o espírito habita este mundo e não outro. Às vezes, até mesmo Deus é tomado como uma proposta de ausência num estranho esvaziamento de nossa realidade essencial de sermos um grande nó de relações.

O verdadeiro desafio da espiritualidade é presença e compromisso com a vida humana. A prática espiritual deve ser um ato de respeito à vida, algo que possamos viver no nosso cotidiano e relações, e não uma imagem distante e pálida que nos violenta através de um senso de sermos especiais ou outra coisa que não humanos, nos levando a um isolamento doloroso ou encantado.

O espírito não é só uma imagem engendrada pelo ego, é mais essencialmente seu espelho enquanto senso de realidade e compromisso de presença, uma sutil diferença com consequências bastante distintas.

É hora da maturidade ao assumirmos o espírito como uma força natural e não sobrenatural. A natureza é simplesmente mais vasta! Fazemos isso desenvolvendo permissões cada vez maiores de disponibilidade aos componentes de nossa interioridade e de contato com o outro.

É necessário um aguçado compromisso com a vida à nossa volta. Isto naturalmente nos reúne e eleva. Se você se sente especial através de algo, inclusive numa prática espiritual, você a transformou em um clube para a sua vaidade, abandone-a!

Ninguém é especial, somos únicos, e só o somos porque podemos reconhecer o mesmo nos outros. O elevado do espírito se chama humildade, sua distância habita a coragem de propor sentidos integrados.”

Mauro Bühler

Não confunda consciência com conhecimento

A consciência é um delinear de presença
Representa o engajamento do Ego com a sua interioridade, desenvolvendo a capacidade de fazer escolhas sempre a partir de um lugar mais profundo – um lugar de maior representatividade da própria alma. Na Prática Aletheia, percebemos consciência como um lugar de afeto, de habitação.

É fácil confundir a busca de consciência com a busca de conhecimento, pois somos educados a valorizar o conhecimento como principal meio de acesso e acionamento da realidade, por representar um ponto de encontro comum e um mecanismo seguro. A busca por informações e o entendimento, com certeza, auxiliam a nossa vida. Porém, para a realização do processo de desenvolvimento pessoal, o conhecimento é bem-vindo como fruto de uma rica experiência própria. Ele será produzido por você.

Buscamos no Aletheia o conhecimento de si, desenvolvendo a relação do ego com a própria alma de forma que ela se torne uma amiga e professora. O que nos empenhamos em entender aqui são as tensões que compõem a nossa interioridade. Partilhamos de uma humanidade comum, mas por sermos distintos, representamos relações únicas que não podem ser formuladas ou replicadas sem representar uma violência. Buscamos uma expressão livre da alma sem a necessidade de regular uma nova adaptação, esta se dá naturalmente nos desafios e nas escolhas de cada um nas próprias relações. Você se conhecerá através da prática, e isto requer tempo. Consciência é, principalmente, para nós, a capacidade de agir em acordo com o que se aprende.

A consciência, portanto, é sempre um elo da interioridade com o mundo externo, no sentido de compor uma habitação, uma morada. E essa relação original, quando harmônica, convida a saúde e significa realização. A prática Aletheia visa restabelecer o equilíbrio deste movimento de expressão e criação da própria vida em acordo com uma medida que brota da relação com o espírito.

Consciência é um delinear de presença, diferente para cada pessoa.
Mauro Bühler

Não se pode responsabilizar uma emoção

“Não se pode responsabilizar uma emoção por uma ação ou inação. “Fiz porque estava com raiva! Não fui porque tinha medo!” A alma é inocente, porém totalmente engajada e interessada na experiência com a vida, todo encontro a convoca.

O trabalho do indivíduo é, por mérito da sua disponibilidade e cuidado, atravessar as pontes que as emoções representam com integridade. O que nos impede não é realmente a emoção, mas um condicionamento ou fixação imposto a ela.

O trabalho da liberdade mora em chegar ao amor através dos caminhos emocionais que a alma apresenta. Se a sua alma está impedida de fluir através de você, de apresentar você ao outro, você corre o sério risco de um dia não encontrar paz e descanso na vida que você está criando.

Muitas vezes, por causa de um alívio mais imediato, nos afastamos de nossos reais desafios.”

Mauro Bühler